Pousada Barroco na Bahia
Home
Mapa de Localização
Histórico
Memorial D. Lucas
Órgão
Coro
Centro Cultural
Sala Dom Lucas Moreira Neves
Pousada
Berlin Café
Programação
Óperas
Discografia
Imprensa
Colabore
Livro de Visitas
Links
Descubra o Barroco na Bahia
Fale Conosco

Fidelio > Biografias

Orquestra Académica de Bonn
Fundada em 1985 por membros e amigos da Universidade de Bonn. A orquestra é composta por 90 músicos, realizando apresenta ções com regularidade nas salas de concertos da cidade e da própria Universidade e conquistou um público entusiasmado com o seu estilo vivo de fazer música. O repertório abrange obras do período barroco, clássico e romântico e compositores contemporâneos. A Orquestra Acadêmica de Bonn já trabalhou com alguns regentes famosos como o Prof. limil Platen, Michael Denhoff, Timm Tzschaschel e Dennis Russel Davies. Atualmente a orquestra tem como regente a maestrina malasiana Chean See Ooi. Fora das atividades musicais em Bonn, a Orquestra Acadêmica de Bonn apresenta-se freqüentemente em várias cidades da Alemanha e também em outros países. As últimas viagens da orquestra foram para a Suíça, República Tcheca, Itália, Rússia e Malásia.

Maestrina Chean See Ooi
Considerada a mais famosa regente da Malásia e uma das poucas maestrinas bem sucedidas do mundo. Iniciou sua carreira musical na Alemanha e estudou piano na Musikhochschule em Essen, onde formou-se em 1986. Após sua formatura Chean See continuou seu curso de regência na Escola Superior de Música de Colónia, terminando em 1990 com os mais altos méritos. Entre seus professores regentes podemos citar Heribert Beissel, Volker Wangenheim e Dennis Russel Davies. Em 1991 ela conquistou o primeiro lugar no concurso internacional de regência em Hamm e Halle. Além de atuar nas maiores cidades na Alemanha como maestrina, os concertos de Chean See foram apresentados nos Estados Unidos, Austrália e vários países da Europa. Em recente temporada, Chean See estreou com orquestras de renome como a Orquestra da Beethovenhalle de Bonn, a Orquestra Filarmónica de Bremen e Halle e a "Südwestdeutsches Kammerorchester". Chean See trabalhou com diversas orquestras de jovens, organizando workshops, incluindo a "Orquestra Sinfónica da Juventude de Sachsen-Anhalt", "Orquestra da Juventude de Cordas de Berlin", o "Praeludium Orchestre de Jeunes" na França e o "Penang State Youth Symphony Orchestra".

Wolf-Rüdiger Braun
Nasceu em Munique. Ele é formado em direito, teatrologia e canto. Iniciou sua carreira artística como cantor e diretor artístico no Teatro Estadual de Saarbrücken. Paralelamente, foi diretor do departamento de Ópera da Escola Superior de Música de Saarbrücken. Posteriormente mudou-se para Colónia como diretor artístico da famosa Ópera de Colónia. Depois exerceu a função de diretor cultural na Prefeitura Municipal de Colónia. Hoje vive em Brühl e trabalha como consultor cultural, professor da Universidade de Colónia e dirige um programa cultural para o "Westdeutscher Rundfunk" de Colónia.

Mascha Braun
Nasceu em Heidelberg. Formou-se na Escola Superior de Belas Artes em Hamburgo com Wilfried Minks. Iniciou a carreira artística como cenografista de diversos curta-metragens de Helke Sanders. Trabalhou como cenografista e confecção de figurino no "Theater Kampnagelfabrik" de Hamburgo.
Desde 1993 Mascha Braun é cenografista do Teatro Estadual de Stuttgart, no qual, desde 1996, exerce o cargo de diretora do Departamento Artístico do teatro.

Barbara Hoene, soprano
Iniciou sua formação musical em violino e piano na Escola Superior de Música de Leipzig. Posteriormente, também formou-se em canto. Os primeiros contratos como solista realizaram-se nos teatros estaduais de Dessau e Halle. Depois ela mudou-se para a famosa ópera "Semper" de Dresden. Na Ópera de Dresden Barbara Hoene interpreta grandes personagens como "Elsa"de "Lohengrin" de Wagner, "Pamina" da "Flauta Mágica" de Mozart e "Violeta" de "La Traviata" de Verdi. Apresenta-se nas mais famosas casas de óperas em vários países como Itália, Inglaterra, França, Holanda, Espanha, Japão e Rússia. Barbara Hoene participou de inúmeras gravações de discos, rádio e televisão e é considerada uma das melhores sopranos meio-dramáticos.

Graham Sanders, tenor
Nasceu na Inglaterra. Iniciou sua carreira musical com um diploma em "countertenor" na "London College of Music". Mudou-se para os Estados Unidos e estudou na Universidade de Cincinnati. Continuou os estudos com o famoso tenor herói James King, na Indiana University em Bloomington. Em 1990, quando a Society Lauritz Mclchior de tenores heróis reconheceu seu grande talento, agraciou-o com uma bolsa de estudos em Munique. Em 1993 estreou na Ópera Municipal deBonn , interpretando "Rodrigo" no "Otello" de Vcrdi, bem como, "Florestan" no "Fidelio" de Beethoven. Posteriormente mudou-sc para a Ópera Estadual de Bremen, interpretando, entre muitas outras personagens o famoso "Stolzing" nos Mestres Cantores de Wagner. . Inúmeras viagens, concertos e gravações de discos, entre outros, o "II Guarany" de Carlos Gomes ao lado de Plácido Domingo.

Martin Krassnenko, barítono
Nasceu em Esslingen/Neckar. Ele estudou canto com o Prof. Dieter Jacob na liscola Superior de Música de Colónia e canto de Ópera com o Prof. Fritz Lehan e "I.icdklasse" com Prof. Wilhclm Hecker, Colónia (1980-88). Martin Krassnenko ganhou o prémio Especial do Concurso Internacional de Canto "Toti dal Monte"em Treviso/Itália. Ne recebeu numerosos convites, entre outros no "Festspielhaus Bregenz"como Teatro de Bremcn e nas "Ôsterreichischen Donau-Festwochen", Teatro Municipal de Franklurl, Tealro Estadual de Saarbrücken e da Ópera Municipal de Bonn. Gravou vários discos e aluou em diversos programas de rádio e televisão na Europa.

Gerald Hupach, tenor
Nasceu em Leincfelde/Thüringen. Formou-se na Escola Superior de Música "Fran/. Lis/.fem Weimar com o Prof. Hans Kremers. Desde 1993 é membro da Ópera "Semper" de Dresden. Gerald Hupach interpreta na Ópera de Dresden: "Jaquino" no "Fidelio" de Beethoven, "Basilio" cm "Lê Nozze di Figaro" de Mozart, e "Belmonte" em "Die Entführung aus dem Serail" de Mozart. Diversas participações como solista em concertos e oratórios entre outros, de J.S.Bach (Oratório de Natal, Cantatas, Missa em Si-menor), G.F.Handel (Oratório de Messias), A.Bruckner (Te Deum), F.Mendelssohn- Bartholdy (Oratórios "Elias" e "Paulus").

Rainer Büsching, baixo
Nasceu em Halle. Formou-se na Escola Superior de Música Felix Mendelssohn Bartholdy em Leipzig. Diplomado em canto de ópera e concertos. Foi contratado por várias óperas na Alemanha. De 1973 até 1985 cantou como baixo no "Landestheater cm Dessau". Desde 1985 é membro da Ópera "Semper" de Dresden. 1988 recebeu o título de "Kammersãnger". Ao lado de diversos papéis em óperas, canta oratórios, cantatas e "Liederabend". Recebeu vários convites para cantar na Itália, Rússia, Polónia, Áustria e Bélgica.

Thomas Mayer, baixo,
Iniciou sua formação como cantor com Otto Hieronimi no Conservatório de Música de Heppenheim (Hessen), continuando seus estudos na Escola Superior de Música Estadual de Colônia com a Profa. Liselotte Hammes e o Prof. Kurt Moll. Thomas Mayer é membro da "Liedklasse" do Prof. Jürgen Glauss. O repertório de Thomas Mayer abrange a música renacentista até a música moderna. Ele domina cantos de oratórios, "Lied", bem como óperas e musicais. Participou de concertos apresentados em programas de rádio na Alemanha. Durante seus estudos, Thomas Mayer participou de várias produções na Escola de Ópera, como por exemplo em "O sonho de uma noite de Verão" de B. Britten. Além disso, interpretou diversos papéis produzidos por óperas independentes, como "Don Magnífico" na ópera "La Cenerentola" de Rossini, e "Melisso" em "Alcina" de Händel.

Sabine Brohm, soprano
Nasceu em Suhl e recebeu a primeira formação em canto, violão e piano desde os nove anos de idade. Formada em canto na Escola Superior de Música "Carl Maria von Weber" em Dresden com a Profa. Elisabeth Plenn. Sabine Brohm é membro da ópera "Semper" de Dresden desde 1989 onde vem atuando em várias produções de Ópera: "Pamina" na "Flauta Mágica" de Mozart, "Donna Elvira" em "Don Giovanni" de Mozart, "Marzelline" em "Fidelio" de Beethoven, "Agathe" em "Freischütz" de Weber, "Antonia" em "Hoffmanns Erzählungen" de Offenbach e "Marie" em "Die verkaufte Braut" de Smetana.

 

Início
Voltar
Resumo
Ficha Técnica
Biografias
Fotos

Barroco na Bahia
Rua Jogo do Carneiro, 34 - Saúde
Telefone: +55 71 3241-6031 Fax: +55 71 3241-6805
E-mail: barroco@barroconabahia.com.br

Desenvolvido por: Valter de Carvalho