Pousada Barroco na Bahia
Home
Mapa de Localização
Histórico
Memorial D. Lucas
Órgão
Coro
Centro Cultural
Sala Dom Lucas Moreira Neves
Pousada
Berlin Café
Programação
Óperas
Discografia
Imprensa
Colabore
Livro de Visitas
Links
Descubra o Barroco na Bahia
Fale Conosco

A Noiva Vendida > Resumo

 

Início do século 19 – um pequeno vilarejo em Boêmia.

O fazendeiro Kruschina está procurando um bom casamento para sua única filha, Marie. Como era costume naquela época, ele procura para isso o apoio de um profissional da área, o casamenteiro Kezal. A situação para Marie se complicou porque ela ama o Hans, um jovem desconhecido no vilarejo, que chegou há pouco tempo procurando trabalho.

 

I ATO

Na festa da padroeira do vilarejo todos estão muito alegres, somente Marie está aparentemente triste e conta para o namorado Hans o acerto do pai com o casamenteiro. Hans tenta tranqüilizá-la, como já soube do negócio, ele preparou um plano para salvar a situação, mas ainda não conta a Marie muitos detalhes.

Para sair de uma velha dívida com o rico fazendeiro Micha, Kruschina prometeu, há alguns anos atrás, Marie para se casar com o seu filho. Após o falecimento da primeira esposa, Micha se casou de novo, e o filho do primeiro casamento saiu de casa, brigado com a madrasta. Wenzel, um jovem bobo e gago é o filho do segundo casamento de Micha e após o desaparecimento do irmão é o único candidato ao casamento prometido. Kezal, sabendo dos defeitos do candidato, está interessado em fechar logo o contrato de casamento antes que Kruschina e Marie descubram as deficiências de Wenzel. Kezal e Kruschina tentaram forçar Marie a assinar o contrato. Marie, que também recebe o apoio da mãe Ludmilla, não quer saber nada deste casamento arranjado, mas como é ordem de seu pai não vê nenhuma saída.

 

II ATO

À noite, os homens do vilarejo continuam a festa na taberna, com muita cerveja. Entre eles está Wenzel, esperando ansiosamente pelo primeiro encontro com a noiva, marcado pelo casamenteiro para o dia seguinte. Como Wenzel ainda não conhece Marie, ela tem facilidade em se aproximar dele e perturbar a sua cabeça. Ela fala para Wenzel que ela conhece aquela Marie como uma pessoa que não presta. Marie teria outros namorados e só queria se casar com Wenzel para matá-lo após o casamento. Ela o aconselha a desistir do casamento e procurar uma outra mulher bonita, ela, por exemplo. O bobão Wenzel está chocado com as notícias e não quer mais saber do casamento com Marie; ele prefere esta moça bonita desconhecida.

Ao mesmo tempo Kezal procura Hans para tentar convencé-lo a desistir do amor de Marie, por dinheiro. O casamenteiro quer que Hans declare em um contrato, que desiste oficialmente do noivado com Marie e a libera para um outro casamento. Por 300 contos Hans concorda mas exige uma única cláusula: Marie só poderia se casar com um filho de Micha. Kezal que ainda não sabe da existência de mais um filho de Micha, acha que já encontrou uma solução e faz uma auto-propaganda da sua inteligência e experiência como casamenteiro profissional. Kezal mostra também o contrato com a assinatura de Hans para todo mundo do vilarejo, confirmando que ele vendeu sua própria noiva. Todos estão chocados com o escândalo da noiva vendida.

 

III ATO

Wenzel está triste e também não quer mais saber do casamento com Marie. Os pais de Wenzel, Micha e sua esposa Hatta chegaram também ao vilarejo para assinar o contrato do casamento. Marie ficou chocada e triste em saber do contrato que Kezal mostrou e está tão decepcionada com Hans que já pensa em aceitar o casamento com Wenzel. Hans está tentando explicar a situação para Marie mas ela não quer ouvir mais nada.

No encontro com os assinantes dos diversos contratos do casamenteiro Kezal, Micha reconhece Hans como o filho perdido. Com muita alegria Micha perdoa o filho e Marie consegue finalmente entender a situação. Ela poderia se casar finalmente com Hans, um filho de Micha, conforme o contrato.

Hans Bönisch

Voltar
Página inicial
Resumo
Legenda
Ficha Técnica
Fotos

Barroco na Bahia
Rua Jogo do Carneiro, 34 - Saúde
Telefone: +55 71 3241-6031 Fax: +55 71 3241-6805
E-mail: barroco@barroconabahia.com.br

Desenvolvido por: Valter de Carvalho